terça-feira, 29 de outubro de 2013

TEMPOS MODERNOS



Os homens-pássaros
Das suas gaiolas
Apenas sonham
Sonhos de asas cortadas
E voam para o alçapão.

(Cecília Villanova)

Um comentário:

Jorge Ampuero disse...

Certera poesía por aquí.
Nos leemos.

Saludos.