domingo, 28 de março de 2010

POESIAS DE CECÍLIA VILLANOVA

CANTO DE AMOR AO POEMA

Mas, não emudecerão
Meus pensamentos
Nem secará a tinta de sangue
Que goteja de minhas mãos.
O poema, em mim, inunda
Tal qual um rio
Feito de de lágrimas,
Águas Claras ...
De onde emerge vida.

10 comentários:

Meg disse...

Cecília que blog lindo!!!! Maravilhoso espaço! Pode adicionar meu blog aí em seu cantinho! Um beijão, Magda.

Aamarela Cavalcanti disse...

Nossa Cecília, adorei o blog. Muito bom mesmo. Você escreve muito bem, Parebéns!!

M. disse...

Voltei de novo! Adicionei seu blog no meu no tema "Literatura Arte da Palavra". O layut é muito bom, as fotos são lindas e adorei a foto com o Zizo! Beijos.

neide disse...

Menina! Achei teu blog por acaso... adoro o que escreves e já postei algumas poesias e poemas teu no meu cantinho, claro, com seu nome, espero que não se importes.
Voltarei pra te ler agora na sua casa. Estou te seguindo.

Tenha uma semana abençoada.

Bjsss

neide disse...

Não saiu meu blog por isso voltei pra deixar meu endereço:

http://neidcaladozipnet.blogspot.com/

Passa lá. Bjss

Klara Horus disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Silvério disse...

Abraços, paz e conquistas
Parabéns pelo projeto
Silverio Pessoa

papelemorfina disse...

Eu comprei seu caderninho de poemas no Recife Antigo, sábado.
Li e gostei muito!
Parabéns pelo seu trabalho.
Gosto muito de encontrar blogs assim, com boa leitura.

:)

Pedro Gabriel (pedro.gabriel@ymail.com) disse...

Cecilia. Adquiri o seu folheto há umas duas semanas na Casa da Moeda. Costumo fazer isso às vezes, costumo também me decepcionar com o que encontro nos textos dos ditos novos poetas porque a arte (a poesia sobretudo) é uma coisa raríssima. Entretanto o seu é um folheto que quero guardar, há algo de poesia ali. Obrigado pelos seus textos. Pedro (pedro.gabriel@ymail.com)

Carmem L Vilanova disse...

Oi Cecilia.
Ficamos contentes com sua visita e que bom que tenha gostado, afinal de contas, estamos vendo como esse tema possa ser mais divulgado e menos confundido com outros, a exemplo do autismo. Alias, vamos publicar um artigo falando justamente disso, da diferenca entre Mutismo Seletivo e Autismo, que na realidade nada tem que ver um com o outro, mas que muita gente ainda confunde.
Esperamos que volte sempre para ficar atualizada com as novidades. Ontem mesmo publiquei um texto que Rafael escreveu sobre como “descobrimos” que nossa Carmencita era portadora deste problema e faltam dois posts ainda com a continuacao do tema.
Beijos e saudades!